Perguntas Frequentes

Protocolos contra a Covid-19

PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA CONTRA A COVID-19
A Itapemirim Transportes Aéreos adotou medidas rígidas contra o coronavírus, para garantir a saúde e a segurança de seus clientes e colaboradores, nos aeroportos e a bordo das aeronaves.

DURANTE O VOO:

Disponibilizamos álcool em gel em nossas viagens e intensificamos a limpeza das aeronaves. A cada novo voo, as aeronaves passam por um processo de limpeza minuciosa, com desinfetante profissional, aprovado pela Anvisa.

• Tripulação: Toda a equipe de bordo usa máscara de proteção facial, luvas e outros equipamentos de proteção individual. Nossos tripulantes estão preparados para proceder de acordo com os protocolos de segurança estabelecidos.

• Aferição de temperatura dos tripulantes: Distribuímos para todas as nossas equipes termômetros digitais para aferir a temperatura de nossos tripulantes.

SERVIÇO DE BORDO, DURANTE A PANDEMIA:

De acordo com a resolução da ANVISA RDC 456/2020, que estabelece medidas a serem adotadas em aeroportos e aeronaves em virtude da situação de Emergência em Saúde, decorrente do surto do novo coronavírus, está suspenso o serviço de bordo antes, durante e depois do pouso. Só será permitido a entrega de água sob demanda, em embalagem individual.

Conforme disposto no artigo 3, parágrafo 4º da RDC nº 456/20, alterada pela RDC nº 477/21, a retirada da máscara para alimentação do público em geral, no interior da aeronave, permanece proibida, exceto para as seguintes finalidades:

Hidratação;

Alimentação, para crianças com idade inferior a 12 anos, idosos e viajantes que sejam portadores de doenças que requeiram dieta especial.

USO OBRIGATÓRIO DE MÁSCARAS:

No cenário atual em que estamos vivendo, temos o compromisso de manter todos informados sobre as estratégias de prevenção que a Itapemirim Transportes Aéreos está adotando para proporcionar um ambiente seguro para todos os clientes.

• Uso de máscaras durante o voo:
É obrigatório o uso de máscaras para proteção facial individual durante toda a viagem. As máscaras devem ser utilizadas corretamente, ou seja, ajustadas ao rosto, cobrindo o nariz, boca e queixo, minimizando espaços que permitam a entrada ou saída do ar e de gotículas respiratórias.

Desde que usadas de forma correta, as máscaras atuam como barreira física, ajudando a amenizar a disseminação do coronavírus no ambiente. Ressaltamos que o uso, armazenamento, limpeza ou descarte adequados das máscaras são essenciais para torná-las ainda mais eficazes.

• Máscaras permitidas:
Cirúrgicas descartáveis;
Máscaras de alta eficiência (N95, PFF2), todas sem válvulas de expiração;
Máscaras de tecido (confeccionas com camada dupla). Seu uso deve ser limitado ao período máximo de 3 (três) horas. Portanto, é importante que você leve consigo máscaras extras, caso sua permanência em aeronaves ou demais áreas ultrapasse esse período.

• Máscaras proibidas:
Máscaras de acrílico ou de plástico, máscaras com válvula de expiração;
Lenço, de pano ou de qualquer outro material, que não sejam caracterizado como máscara de proteção de uso profissional ou de uso não profissional;

Máscaras de crochê ou tricô;

Protetor facial (face shiel), quando utilizado isoladamente;

Máscaras de uso não profissional confeccionadas com apenas uma camada ou que não observem os requisitos mínimos previstos na ABNT PR 1002.

• Uso não obrigatório da máscara facial:

Crianças com idade inferior a 3 anos;

Pessoas que, em razão de problema respiratório, transtorno do espectro autista, deficiência intelectual, deficiência sensorial, transtorno psicossocial ou com quaisquer outras deficiências que os impeçam de fazer o uso adequado de máscara de proteção facial, conforme declaração médica. Em caso de dúvida, questione o Agente de Solo ou a Declaração Médica do Cliente e informe ao Comandante.

CHECK-IN ONLINE

Indicamos que os passageiros façam o check-in pelo nosso site para evitar filas e aglomeração.

EMBARQUE

Aguarde a chamada de seu grupo para se direcionar na fila, para evitar aglomerações. Mantenha uma distância segura dos demais clientes.

Maiores de 12 anos de idade

Carteira de Identidade (RG)
Carteira Nacional de Habilitação (CNH, modelo com foto) e CNH-e (modelo eletrônico), sendo que este documento deve ser apresentado dentro do próprio aplicativo “CNH Digital” no celular do passageiro
ATENÇÃO: Captura de tela ou foto da CNH-e não são validas para o embarque

Carteira profissional – Documento válido para viagens domesticas para passageiros a partir de 16 anos
Cartões de identidade expedidos pelos ministérios e órgãos subordinados ao Presidente da República
Carteiras profissionais expedidas pelos Conselhos Nacionais
Passaporte nacional
Carteira de identidade funcional dos membros do Poder Legislativo da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municipios expedida no curso da lesgislatura vigente


Estrangeiros

Passaporte
Registro Nacional de Estrangeiros (RNE)
Identidades diplomáticas e consulares


Brasileiros entre 12 e 18 anos incompletos

Passaporte
Carteira de Identidade (RG) original ou cópia autenticada;
Carteira profissional – Documento válido para viagens domesticas para passageiros a partir de 16 anos
DNI (Documento Nacional de Identidade)
Boletim de Ocorrencia, que para crianças (de 0 a 12 anos incompletos) deverá ser feita mediante a consulta à Vara da infância e juventude de cada localidade. Pode ser original ou cópia autenticada, desde que seja um documento válido com foto. Ele deve ser apresentado tanto no check-in como no portão de embarque para um dos nossos atendentes.
Em caso de roubo, furto ou extravio de documentação, será aceita a apresentação de Boletim de ocorrência emitido dentro do prazo de 30 dias e que não conste a validade no documento. O BO somente não é aceito para embarque de menores de 12 anos.


Menores até 16 anos incompletos

Acompanhados de pai, mãe ou responsável é permitido mediante apresentação de um dos seguintes documentos:
Documento de identidade com foto, que comprove a filiação ou parentesco do menor com acompanhante. O nome do responsável deve ser idêntico no documento pessoal e no do menor;
Crianças com até 12 anos incompletos podem apresentar certidão de nascimento;
Para recém-nascido de até 7 dias, é necessário apresentar atestado médico que comprove a condição de saúde da mãe e do bebê para viajar.

Menores Desacompanhados

Crianças de 0 a 4 anos e 11 meses não podem viajar desacompanhadas, sendo necessário a presença de um dos pais ou responsável legal.
Crianças entre 5 e 16 anos incompletos podem viajar desacompanhadas em voos domésticos, mediante autorização judicial requerida por um dos pais ou responsável legal, desde que munido de documento comprobatório, observadas as demais exigências estabelecidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente e pela Vara da Infância e Juventude do local de embarque.
Adolescentes de 16 a 17 anos e 11 meses podem viajar dentro do território nacional desacompanhados, sem necessidade de autorização.

Não. O bilhete aéreo é pessoal e intransferível. São permitidas apenas correções nos nomes, desde que essas alterações não alterem o caráter pessoal e intransferível do bilhete aéreo.

Para o transporte de animais, o passageiro deve consultar a disponibilidade do serviço através da Central de Vendas da ITA, com no mínimo 48 horas de antecedência, seguindo ainda, as condições abaixo:

– O peso do animal e sua caixa de transporte somados não poderá exceder 07 Kg;

– A caixa de transporte contendo o animal deverá ser alocada embaixo do assento do passageiro.

– A caixa de transporte deverá ser modelo Kennel, flexível ou rígida, desde que não ultrapasse as seguintes dimensões máximas de embarque:

* Kennel rígido: 36 cm de comprimento x 33 cm de largura x 19 cm de altura.

* Kennel flexível: 36 cm de comprimento x 33 cm de largura x 23 cm de altura;


Documentação exigida:

– Carteira de vacinação atualizada com comprovação da vacinação múltipla e antirrábica, assinada por médico veterinário com registro no órgão regulador da profissão;

– Em razão do embarque, o Passageiro deverá apresentar documentos do animal, fornecido por órgão estatal competente e/ou por médico veterinário;

– O transporte de cão treinado para conduzir pessoa deficiente visual, que dependa inteiramente do mesmo, será permitido na cabine de passageiros, sem adição à franquia de bagagem e livre de pagamento, desde que apresentada a documentação prevista no item, e que a reserva tenha sido efetuada com a antecedência mínima supracitada.


Valores:

Cada animal será tarifado em R$200,00 por trecho.

FRANQUIA:

Bagagem de mão:

10kgs + uma bolsa, independente da classe tarifária

Despachada:

Classe Econômica – 1 mala de até 23 quilos

Classe ITA – 2 malas de até 23 quilos cada

DIMENSÕES:

Bagagem de mão:

35 x 25 x 55 cm (comprimento x largura x altura) totalizando no máximo, 115 centímetros

Despachada:

80 x 50 x 28cm (comprimento x largura x altura) totalizando no máximo, 158 centímetros incluindo alças e rodinhas.

Excesso de Bagagem:

Para o excesso de bagagem será cobrado R$ 25,00 por quilo excedido, ou seja, se sua bagagem despachada possuir 25 quilos, ao invés de 23, deverá pagar 2 quilos de excesso, totalizando R$ 50,00.

Ou poderá levar uma peça a mais, dentro dos padrões permitidos, por R$ 50,00.

Clientes da ITA deverão se apresentar no balcão de atendimento e apresentar o código da reserva e um documento de identificação válido com uma antecedência mínima de 2 horas antes do voo (Lembrando que o check-in se encerra 1 hora antes do voo).

Em caso de dúvida, contate um atendente da ITA no aeroporto.

Você pode comprar sua passagem em nosso site de forma rápida, fácil e segura. Veja a seguir como fazer a compra e usufruir de nossos serviços.
Nosso site permite que você escolha sua passagem entre uma enorme variedade de datas, horários, destinos e valores, usando diferentes filtros para personalizar sua consulta e fazer sua compra.

Na página inicial, faça a pesquisa seguindo os passos abaixo:

1. Escolha a opção COMPRAR PASSAGENS.

2. Especifique se a sua viagem é: ida e volta ou apenas ida.

3. Escreva as cidades de origem e destino. Tenha em mente em qual aeroporto você quer chegar.

4. Selecione no calendário, as datas da sua viagem.

5. Escolha o Número de passageiros e especifique as idades.

6. Pressione o botão Buscar e aguarde enquanto carregamos seus dados.

7. Escolha a melhor opção de voo de acordo com a sua preferência, podendo utilizar dos filtros disponíveis ou selecionando por: horário de partida, duração de voo, valor, com escalas e conexões, além dos adicionais de bordo.

8. Preencha os dados do passageiro.

9. Insira a forma de pagamento.

Após este processo, você verificará o número do seu localizador e receberá um e-mail de confirmação.

Passo a passo em construção, mas poderá realizá-lo no item “Meus Voos”.
Passo a passo em construção, mas poderá realizá-lo no item “Meus Voos”.

O MEDIF trata-se de um formulário médico, onde constarão condições de saúde do passageiro, para que a equipe médica da ITA possa avaliar se atendemos as necessidades para este cliente.

Se você ou alguém com quem vai viajar precisar de atendimento especial por alguma deficiência, problema de saúde ou precisar voar com acompanhante, fique atendo ao que fazer.

O cliente Itapemirim precisa encaminhar ao seu médico pessoal o formulário de informação médica (MEDIF) para que ele possa preencher e assinar, pois será esse documento que comprovará a condição especial da pessoa.

No caso de passageiros com deficiência visual ou auditiva, além do preenchimento do MEDIF, também é necessário o envio de um exame audiométrico e laudo médico oftalmológico.

O envio do formulário MEDIF para a Itapemirim deve ser realizado a partir de 15 dias que antecedem o voo ou em até 72 horas antes do voo.

Esse formulário deve ser preenchido quando o cliente:

• Sofrer alguma doença contagiosa;
• Possa desenvolver qualquer comportamento ou condição física incomum, que possa gerar efeito adverso ao bem-estar e conforto de outros passageiros ou da tripulação;
• Possa ser considerado um risco em potencial à segurança do voo ou à sua (exemplos: desvio de rota e pouso extra);
• Precise de atenção médica ou equipamentos especiais para manter sua saúde durante o voo (oxigênio ou maca);
• Possa ter sua condição médica agravada durante ou por causa do voo;
• Necessite de acompanhamento médico ou de tratamento médico a bordo.
• Apresentar quadro de doenças neurodegenerativas (exemplo: perda de memória ou orientação).

O transporte aéreo de passageiros nas situações citadas está sujeito a autorização prévia do departamento médico da Itapemirim, com base nas informações referentes às suas condições físicas e mentais fornecidas pelo próprio cliente (via MEDIF) ou por meio de seu médico.

Se não atendidas às exigências, os clientes podem não ser autorizados a viajar para garantir a segurança da própria pessoa e dos demais passageiros. Caso isto ocorra, os passageiros sem permissão de embarcar, podem solicitar o reembolso do bilhete, que será avaliado pela equipe da ITA.

Acompanhantes:

Caso haja a necessidade de um acompanhante a ITA oferece ao acompanhante um desconto de 80% na passagem aérea. Para mais informações entre em contato em nossa central, através do e-mail falecomaita@voeita.com.br.

Clientes com cirurgias recentes no pulmão, coração, cérebro, cirurgias estéticas e outras cirurgias graves, só poderão embarcar mediante o envio da MEDIF. Independente da liberação do médico que realizou a cirurgia, médicos da ITA especializados em medicina aeroespacial irão avaliar a possibilidade de embarque em cabine pressurizada.

Passageiros que utilizam marca-passo não podem ser submetidos à inspeção por detector de metais, ou seja, não passam pelo raio X no momento do embarque. É utilizado um procedimento alternativo que não interfira no funcionamento do dispositivo. Para isso, no momento do check-in, é necessário que o passageiro apresente um laudo médico informando que possui marca-passo.

Pessoa com Deficiência Auditiva:
Você pode pedir auxílio no momento da compra da passagem ou com até 48 horas de antecedência. Chegando no aeroporto, identifique-se a um de nossos colaboradores.

Para embarque com o Cão Guia, é necessário apresentar a seguinte documentação:

Carteira de identificação com:
-Nome do cliente e do cão.
-Nome do centro de treinamento ou do instrutor autônomo.
-Número do CNPJ do centro ou CPF do instrutor.
-Foto do cliente e do cão.
Plaqueta de identificação com:
-Nome do cliente e do cão.
-Nome do centro de treinamento ou do instrutor autônomo.
-Número do CNPJ do centro ou CPF do instrutor.
Carteira de vacinação atualizada com:
-Comprovação da vacina múltipla**.
-Comprovação da vacina antirrábica**.
-Comprovação de tratamento anti-helmíntico**.
** Feita por um médico veterinário credenciado.
*** Todos os documentos do (s) animal (is) devem ser originais.

Pessoa com Deficiência Visual:

Você pode pedir auxílio no momento da compra da passagem ou com até 48 horas de antecedência. Chegando no aeroporto, identifique-se a um de nossos colaboradores.

Caso tenha um cão-guia, você pode viajar com ele*.

Você será apresentado ao chefe de cabine assim que embarcar no avião e receberá assistência durante todo o voo, além das orientações de segurança.

Nas aeronaves da Itapemirim Transportes Aéreo, existem folhetos de segurança em braile.

O transporte do cão é gratuito para voos nacionais e internacionais.

Veja os documentos obrigatórios para embarcar com seu cão:

Carteira de vacinação atualizada com:

Comprovação da vacina múltipla**.

Comprovação da vacina antirrábica**.

** Feita por um médico veterinário credenciado.

Gestantes tem direito ao atendimento preferencial. Por isso se você estiver nessas condições, solicite o serviço no balcão da ITA.

Para garantir o bem-estar da mãe e do bebê durante a viagem é necessário a apresentação dos seguintes documentos:

Atestado Médico:

Quando requerido, o atestado médico deve ser emitido por um médico responsável pela gestante e apresentado no balcão da ITA. Os atestados são válidos no mundo inteiro, quando emitido por médico, contendo seguintes dados:

  • Nome do médico;
  • Registro do conselho profissional de medicina ou de especialista (com assinatura e carimbo);
  • Quantidade de semanas/meses de gestação;
  • Endereço do consultório ou hospital;
  • Telefones para contato.

Validade:

Nos casos de até 35 semanas de gestação, os atestados têm validade por um período de 30 (trinta) dias. A partir da 37ª semana de gestação devido às modificações do organismo da mãe e risco de complicações o atestado terá validade de (15) quinze dias.

O atestado médico deve ser emitido até uma semana antes do embarque, pelo médico assistente da gestante.

MEDIF – (Medical Information Form):

No caso das semanas que será necessário o formulário, deve ser preenchido, assinado e carimbado pelo médico da gestante em 2 vias.

Gestação única sem intercorrências médicas (complicações médicas):

SEMANAS DOCUMENTAÇÃO
Até 27ª SEMANA COMPLETA Não será exigido termo de responsabilidade, atestado/ relatório médico e nem MEDIF.
28ª A 35ª SEMANAS COMPLETAS Apresentar o Atestado Médico autorizando a viagem aérea, emitido até 10 dias antes
do primeiro embarque. Neste atestado, deve conter parecer do médico com a idade
gestacional, data provável do parto e declarando que a gestante está apta ao voo.NÃO é necessário MEDIF.
28ª A 35ª SEMANAS COMPLETAS Apresentar o Atestado Médico autorizando a viagem aérea, emitido até 10 dias antes
do primeiro embarque. Neste atestado, deve conter parecer do médico com a idade
gestacional, data provável do parto e declarando que a gestante está apta ao voo.NÃO é necessário MEDIF.
36ª A 37ª SEMANAS COMPLETAS Apresentar o Atestado Médico com a idade gestacional, data provável do parto e declarando que a
gestante está apta ao voo.Necessário: Termo de Responsabilidade – Gestante preenchido, assinado pelo
médico e pela gestante e a análise de MEDIF.
A PARTIR DA 38ª SEMANA Permitido o embarque apenas em situação de extrema necessidade.

Necessário: Análise de MEDIF, Declaração de Responsabilidade – Gestante preenchida.

Atenção:
Gestantes só poderão viajar acompanhadas de seu médico obstetra responsável.


Importante:
Mesmo se a gestação é única, independentemente da idade gestacional, caso esteja sujeita a complicações médicas, a gestante deve apresentar o MEDIF para análise antes do voo.

Gestação múltipla sem intercorrências médicas (complicações médicas):

SEMANAS DOCUMENTAÇÃO
Até 25ª SEMANA COMPLETA Não será exigido termo de responsabilidade, atestado/ relatório médico e nem
MEDIF.
26ª A 31ª SEMANAS COMPLETAS Apresentar o Atestado Médico autorizando a viagem aérea, emitido até 10 dias
antes do primeiro embarque. Neste atestado, deve conter parecer do médico com a
idade gestacional, data provável do parto e declarando que a gestante está apta ao
voo.NÃO é necessário MEDIF.
32ª A 37ª SEMANAS COMPLETAS Apresentar o Atestado Médico com a idade gestacional, data provável do parto e
declarando que a gestante está apta ao voo.Necessário: Termo de Responsabilidade – Gestante preenchido, assinado pelo
médico e pela gestante e a análise de MEDIF.
A PARTIR DA 38ª SEMANA Permitido o embarque apenas em situação de extrema necessidade.

Necessário: Análise de MEDIF, Declaração de Responsabilidade – Gestante preenchida.

Atenção:
Gestantes só poderão viajar acompanhadas de seu médico obstetra responsável.


Importante:
Se a gestação múltipla independentemente da idade gestacional, está sujeita a complicações médicas, a gestante deve apresentar o MEDIF para análise antes do voo.

Caso você acesse as informações do seu voo pelo site e verifique que ele está cancelado, aguarde que nós enviaremos o ajuste para você. Isso pode acontecer devido a necessidade de ajuste na malha aérea da companhia. Nos comprometemos a acomodá-lo no voo mais próximo possível e notificá-lo assim que a acomodação for realizada, informando os dados do seu novo voo.

Caso ainda possua dúvidas, ou o seu voo esteja próximo, pode nos contatar enviando um e-mail para falecomaita@voeita.com.br.

Atenção, alguns voos com destino e origem de Guarulhos, podem ter sido alternados para Congonhas, a partir de 16 de novembro.

Mas entraremos em contato por e-mail, informando sobre as devidas alterações, quando houver necessidade.

Caso sua tarifa seja reembolsável, após a solicitação do cancelamento, a ITA fará a devolução para a administradora do cartão em até 7 dias, porém cada administradora fará a devolução de acordo com o fechamento da fatura.

Desta forma, é necessário verificar junto a administradora como se dará o ressarcimento, após a devolução por parte da Companhia.

Obs: Caso o pagamento da sua reserva tenha sido em dinheiro ou cartão de débito, é importante fornecer os dados da conta corrente do titular do cartão e o CPF, para que o reembolso possa ser efetuado.